8 SÉRIES LEVES E NADA ÓBVIAS COM OPÇÕES PARA DIFERENTES PÚBLICOS

Séries leves podem ser um dos melhores suportes para ajudar alguém rir dos problemas e sentir que tudo pode ter solução. Elas não precisam sequer cair apenas no universo da comédia (muito menos a do estilo pastelão). Com uma lista feita especialmente para ajudar a relaxar, confira tramas com pitadas de diversos gêneros, mas que são ideais para acompanhar depois de qualquer dia exaustivo – principalmente antes de dormir.

Grandes artistas de Hollywood participam cada vez mais de sucessos televisivos, seja por conta da qualidade e criatividade do roteiro ou da direção de arte e da fotografia que foram cada vez mais aprimoradas nos últimos anos ao redor do mundo. Porém, muito desses projetos elogiados são densos demais, em muitas vezes criando metáforas sangrentas ou bastante dramáticas.

Séries como The Handmaid’s Tale, The Man In The High Castle e Assédio são famosas por sua complexidade e por serem consideradas pesadas, com reflexões profundas conectadas às mais duras realidades. Mas, e quando tudo o que queremos é enxergar o lado mais leve da vida?

Resultado de imagem para gif tv illustration

Rir na cara dos problemas é algo que pode ganhar bons suportes através de tramas que não necessariamente são de comédia (e muito menos do estilo pastelão).

Pensando em quem quer produções que podem deixar o dia a dia mais leve e bem-humorado, mas que não deseja o risco de cair em puras comédias ou em clichês do humor, o NÃO ÓBVIO trouxe uma lista de séries que são tranquilas para acompanhar, por exemplo, pouco antes de dormir.

Ainda assim, são tramas que não deixam de possuir mensagens importantes a serem transmitidas. Para realidades que vão da velhice até tramas familiares, as obras podem servir como identificação para vidas de diferentes públicos. Confira, sem ordem de preferência.

No final da lista, estão algumas das nossas melhores dicas (em Extras!). Não deixe de conferir.

1. The Kominsky Method

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é linha-4-1024x5.png
Todas as imagens são de reproduções ou divulgações das séries indicadas

Protagonizada pela dupla Michael Douglas e Alan Arkin e vencedora de dois títulos do Globo de Ouro, a série The Kominsky Method – que no português leva o nome de Método Kominsky – conta a vida Sandy Kominsky (Michael Douglas), um ator de Hollywood que não teve um grande papel em anos. Ele passa, então, a ganhar a vida como um renomado professor para uma classe de atuação.

Por outro lado, Norman, amigo e agente de Sandy, é um homem que também está passando da meia-idade e se tornou obcecado pela batalha de sua esposa (Susan Sullivan) contra o câncer.

Sarcástica, a trama brinca com sua comédia dramática e pode ser considerada um sitcom que sai do óbvio. Com uma linha tão divertida quanto triste, a obra se faz pensativa com diversas câmeras únicas sobre dois homens mais velhos.

Juntos, os protagonistas têm que aprender a lidar com a mortalidade e outras questões humanas como solidão, declínio profissional e problemas de próstata. Em meio às reflexões de vida, o ponto de base para o telespectador se torna o de testemunhar a resiliência pela amizade.

Ano: 2018
Quantidade de temporadas: 1.
Quantidade de episódios: 8.
Finalizada? Está renovada para a 2ª temporada.
Duração: 35 minutos por episódio, aproximadamente.
Onde assistir: Netflix

2. Hart of Dixie

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é linha-4-1024x5.png

A comédia dramática Hart of Dixie acompanha a história da Dra. Zoe Hart, uma médica recém-formada que acaba aceitando o convite de um estranho e vai morar no Alabama. A virada em sua vida se dá após perder uma bolsa de estudos em Nova York, por acharem que ela trata os pacientes como objetos e não pessoas.

Porém, a vida na pequena cidade de Bluebell não é tão simples assim. Além de ter problemas com o outro médico da cidade, Zoe ainda percebe que de pacata Blueball não tem nada. Trabalhando em uma pequena clínica do local, Zoe precisa aprender a lidar com diferentes tipos de crenças e seres humanos.

Lá, ela encontra não apenas um caminho para o seu autoconhecimento e para a vida que descobre querer levar, mas também conhece mais sobre seu passado e entende melhor a relação conturbada existente entre ela e seus pais.

A série, que marcou o retorno da atriz Rachel Bilson – a Summer de The O. C. – para o mundo da televisão, foi cancelada na sua quarta temporada, recebendo o seu final fechado na própria.

Ano: 2011
Quantidade de temporadas: 4.
Quantidade de episódios: 76 (com uma média de 22 a cada temporada).
Finalizada? Sim.
Duração: 42 minutos por episódio, aproximadamente.
Onde assistir: Comprar Box (DVD) | Com retransmissões na CW.

3. De Repente, Irmãs

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é linha-4-1024x5.png

A série australiana de tragicomédia De Repente, Irmãs, é cheia de complicações, com personagens que trazem diferentes maneiras de entender o mundo. Na obra, Julia é a protagonista, que acaba descobrindo, no leito de morte do pai (um renomado cientista de fertilização in vitro), que ele usou o próprio esperma para dar sequência em sua carreira na medicina.

A revelação, portanto, vem acompanhada do detalhe de que o pai de Julia – tem dezenas talvez centenas – de filhos espalhados pelo país. Apesar de chocada, a personagem acaba sentindo a necessidade de conhecer seus parentes de sangue, e encontra duas mulheres, filhas de seu pai, que são a antítese de sua própria personalidade.

Utilizando da ironia como meio principal para os diálogos, a produção resolve brincar com tons da comédia para suavizar a trama, a qual vai unir as três personagens em busca de mais respostas e indagações. Com momentos emocionantes, a trama promete, assim, lembrar de diversos problemas familiares em toda casa pode encontrar.

Ano: 2018
Quantidade de temporadas: 1.
Quantidade de episódios: 7.
Finalizada? Netflix ainda não se pronunciou se vai renovar ou não.
Duração: 45 minutos por episódio, aproximadamente.
Onde assistir: Netflix

4. Special

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é linha-4-1024x5.png

Ryan Hayes (Ryan O’Connel), um homem gay com uma moderada paralisia cerebral, decide se reinventar e ir atrás da vida que sempre quis. A série é baseada no livro de memórias de Ryan O’Connel, I’m Special and Other Lies We Tell Ourselves. Ela retrata as experiências reais de Ryan, que além de estrelar, assina como roteirista e também é produtor executivo.

Toda vez que Ryan conversa com alguém, ele precisa “sair do armário” duas vezes: revelar que é gay e que tem paralisia cerebral moderada. Apesar de ser leve e muito fofa em vários momentos, aborda de forma realista duas questões que são excluídas da sociedade: sexualidade e deficiência.

Também é produzida por Jim Parsons, o Sheldon Cooper de The Big Bang Theory. Além dos temas citados, aborda gordofobia e racismo com a personagem Kim Laghari (Punam Patel), mas tudo isso de forma leve e bem humorada. É curtinha, tendo apenas 15 minutos por episódio.

Ano: 2019
Quantidade de temporadas: 1.
Quantidade de episódios: 8.
Finalizada? Netflix ainda não se pronunciou se vai renovar ou não.
Duração: 15 minutos por episódio, aproximadamente.
Onde assistir: Netflix

5. Lili, a Ex

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é linha-4-1024x5.png

Série brasileira baseada na tirinha de quadrinhos de Caco Galhardo, Lili, a Ex conta a história de Lili (Maria Casadevall), uma figurinista freelancer bagunceira, desengonçada e com ar meio fora do normal. Ela resolveu transformar a vida do ex Reginaldo (Felipe Rocha) em um inferno, só que de forma humorada para divertir ela mesma. Para complicar a situação, ela se muda para o apartamento ao lado que Reginaldo mora, apenas para perturbá-lo ainda mais.

Só que as confusões de Lili não atingem apenas o ex. Elas, sem querer, afetam sua melhor amiga Cíntia (Daniela Fontan) e Reinaldo (João Vicente de Castro), o irmão de Reginaldo. E no meio disso tudo, ainda tem Gina (Rosi Campos), mãe de Lili e que é viciada em compras.

A série de comédia romântica é de 2014 e já foi encerrada, mas vale a pena dar uma conferida pelo tipo de humor que produz e também pelo elenco afiado que possui. Além dos já citados, tem ainda Priscila Fantin, como Grace Kelly, atual namorada de Reginaldo e Milton Gonçalves como Seu Ancelmo, avô de Cíntia.

Ano: 2014 – 2016.
Quantidade de temporadas: 2.
Quantidade de episódios: 26.
Finalizada? Sim.
Duração: 26 minutos por episódio, aproximadamente.
Onde assistir: GNT Play

6. She-Ra e as Princesas do Poder

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é linha-4-1024x5.png

She-Ra pode causar certo estranhamento por estar na lista, já que é um desenho. Porém, é por esse motivo que aparece listada. Reboot do clássico She-Ra de 1985, conta a história de Adora, uma jovem que foi criada no grupo Horda.

Adora foi treinada desde cedo e nunca conheceu afeto, exceto a amizade que nutre pela amiga Felina. Um dia, em uma missão da Horda, Adora descobre que ela é a nova She-Ra e que agora, deve proteger Etheria contra as forças de Hordak.

A nova série tem assinatura de Noelle Stevenson, criadora da webcomic Nimona e dos quadrinhos Nimona, e venceu o prêmio Eisner* por ambas. No original, She-Ra era irmã gêmea de He-Man. Aqui, no reboot, a série se reinventa e consegue se descolar de He-Man. Suas princesas possuem etnias diversas, corpos diversos e não mais sexualizados.

É fofa, trata sobre amadurecimento e nos faz conseguir descolar da realidade, ainda que por pouco tempo.

*O Eisner Awards é a premiação para os melhores quadrinhos. É considerado o Oscar das HQs.

Ano: 2018 – presente.
Quantidade de temporadas: 2, renovada para terceira temporada.
Quantidade de episódios: 20.
Finalizada? Não.
Duração: 30 minutos por episódio, aproximadamente.
Onde assistir: Netflix

7. Miracle Workers

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é linha-4-1024x5.png

Série de comédia baseada no livro Trabalhar no Paraíso pode ser um Inferno, fala sobre Craig (Daniel Radcliffe), um anjo que é responsável por escutar e lidar com as orações da humanidade. Na escala dos anjos, Craig está numa posição bem baixa. Porém, Deus (Steve Buscemi) está cansado de cuidar da Terra e decidiu deixar o trabalho de lado e focar nos seus hobbies. Para evitar a destruição da Terra, Craig se junta com Eliza (Geraldine Viswanathan) para realizar um milagre e salvar a humanidade.

Miracle Workers é uma série antológica, ou seja, toda temporada contará uma história diferente. Seu elenco também é marcado por grandes nomes, como Daniel Radcliffe (Harry Potter) e Steve Buscemi (Boardwalk Empire) e algumas participações especiais, como Tituss Burgess (Unbreakable Kimmy Schmidt).

É dona de um humor mais sagaz, com textos rápidos e satíricos e que talvez não agrade a todos. Mas não deixa de ser leve, rápida e despretensiosa. A crítica, em sua maioria, aprovou a série, assim como o público. A TBS, emissora original, já anunciou sua renovação e mantendo o mesmo elenco. A nova história se passará na Idade Média.

Ano: 2019 – presente.
Quantidade de temporadas: 1, renovada para segunda temporada.
Quantidade de episódios: 7.
Finalizada? Não.
Duração: 22 minutos por episódio, aproximadamente.
Onde assistir: NOW

8. Good Omens